Login | Contato| Ver Cesta (0)
Navegar: Assuntos Objeto Digital Acervos Catálogos Produtores

Request Hi-Resolution Image | Centro de Memória e Informação Pessoal Yuri Victorino

DETALHE ESTOJO
DETALHE ESTOJO (JPEG Image, 703.73 KB)
Download Original File



ESTOJO INTERNO
ESTOJO INTERNO (JPEG Image, 334.25 KB)
Download Original File



FOTO ESPELHO
FOTO ESPELHO (JPEG Image, 300.83 KB)
Download Original File



FRENTE CARTÃO
FRENTE CARTÃO (JPEG Image, 130.03 KB)
Download Original File



VERSO CARTÃO
VERSO CARTÃO (JPEG Image, 336.03 KB)
Download Original File


Title:
DAGUERREÓTIPO - RETRATO - JOSEPHINA MARIA DA CUNHA E SÁ - 1830
Description:

RETRATO PRODUZIDO POR PROCESSO DAGUERREÓTIPCO onde fixava as imagens obtidas na câmara escura numa folha de prata sobre uma placa de cobre. POR METONÍMIA

IMAGEM DE JOSEPHINA MARIA DA CUNHA E SÁ - AVÓ DE L.P DE SÁ CAMPELLO FAVERET

HAVIA UM CARTÃO POR DENTRO DO SUPORTE DO NETO:

NASCIDA NO RIO GRANDE A 24 DE JANEIRO DE 1811 E FALECIDA NO RIO DE JANEIRO EM 28 DE JANEIRO DE 1860. A PROVÁVEL DATA É DE 1830.

O daguerreótipo (em francês: daguerréotype) foi o primeiro processo fotográfico a ser anunciado e comercializado ao grande público. Foi divulgado em 1839, tendo sido substituído por processos mais práticos e baratos apenas no início da década de 1860. Consiste numa imagem fixada sobre uma placa de cobre, ou outro metal de custo reduzido, com um banho de prata (casquinha), formando uma superfície espelhada. A imagem é ao mesmo tempo positiva e Negativo (fotografia) - negativa dependendo do ângulo em que é observada. Trata-se de imagens únicas, fixadas diretamente sobre a placa final, sem o uso de negativo. Os daguerreótipos são extremamente frágeis. A superfície é facilmente riscada e estão sujeitos à oxidação, por isso precisam ser encapsulados e conservados com cuidado, mas a fluorescência de micro-raios X de varredura rápida podem ser usados para enxergar além da deterioração e recuperar as imagens.

Fotografias de pessoas

Nos primórdios da técnica da daguerreotipia eram necessários cerca de dez minutos de exposição sob forte luz solar para obter uma imagem satisfatória. Por isso, era difícil tirar retratos, e como as pessoas se moviam as ruas pareciam desertas nas fotografias. As primeiras figuras humanas registadas em fotografia foram as de um engraxador e seu cliente, que permaneceram na mesma posição até que a sua imagem ficasse visível.

Mais tarde, foram desenvolvidas lentes maiores e mais luminosas (por Joseph Petzval) e a sensibilidade das placas foi aumentada com brometo de prata ou cloreto de prata.

Os retratos costumavam ser feitos colocando a pessoa encostada a suportes, que impediam movimentos, permitindo a permanência na mesma posição por longos períodos de tempo. As expressões costumam parecer sisudas e as poses sem vida, embora haja exceções.

Phys. Desc:

80X100mm

LOCALIZAÇÃO: APG4

ID:
AIS0026
Repository:
Centro de Memória e Informação Pessoal Yuri Victorino
Found in:
Creators:
Subjects:

Request Hi-Resolution Image | Centro de Memória e Informação Pessoal Yuri Victorino

Fields marked with an asterisk (*) are required.







Page Generated in: 0.186 seconds (using 256 queries).
Using 11.57MB of memory. (Peak of 11.84MB.)

Powered by Archon Version 3.21 rev-1
Copyright ©2012 The UIUC