AHSBPOA
Navegar: Classificação Conjuntos Documentos Assuntos Produtores

Arquivo Histórico Sindbancários - AHSBPOA

Arquivo Histórico Sindbancários - AHSBPOA

DESCRIÇÃO INSTITUCIONAL
 
BR RSAHSBPOA
 
Forma autorizada do Nome:
    ARQUIVO HISTÓRICO SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE PORTO ALEGRE E REGIÃO
    Porto Alegre
    Brasil
 
Outra forma do Nome:
    ARQUIVO SINDBANCÁRIOS
 
Tipo:
    Unidade de gestão de memória institucional
    Entidade de representação de classe
    Arquivo Permanente Institucional
    Estado do Rio Grande do Sul
    Brasil
 
Data de existência:
    Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região: 1933 -...
    AHSBPOA: 2009 -...
 
Endereços:
    - Sede Casa do Bancário:
    Rua General Câmara, 424
    CEP 90010-190 - Porto Alegre/RS - Brasil
    - Sede AHSBPOA:
    Rua dos Andradas, 943 – 11º andar
    CEP 90020-006 - Porto Alegre – RS/Brasil
    - Telefones:
    Central: (55 51) 3433-1200
    AHSBPOA: (55 51) 3227-1050
    Brasil
 
Sítio web e correio eletrônico:
 
Coordenação:
    - Diretor:
    Sandro Rodrigues | sandro@sindbancarios.org.br
    - Equipe AHSBPOA:
    Antonio Roberto Osório | antonio@sindbancarios.org.br
 
Contexto cultural e geográfico:
    O ARQUIVO HISTÓRICO SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE PORTO ALEGRE E REGIÃO está sediado na cidade de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul, na região sul do Brasil – fronteiras com Argentina e Uruguai.

Exibir mapa ampliado
 
História:
    O Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários) foi fundado em 18 de janeiro de 1933, em uma Assembléia Geral que contou com 185 bancários. Por tratar-se de uma base estadual, chamou-se Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Sul.
    Com o surgimento de novos sindicatos no Interior do estado a entidade assumiu o nome atual: Sindicato dos Bancários de Porto Alegre. Desde sua criação o Sindicato ultrapassou as fronteiras de representação sindical específica e geográfica, ao atuar em todo o território nacional e com diversos e diferentes movimentos da classe trabalhadora. Junto ao Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, foi ponta-de-lança na concepção sindical que mais tarde ficaria conhecida como "novo sindicalismo". O ex-governador do estado do RS e ex-ministro Olívio Dutra, José Fortunati (atual vice-prefeito de Porto Alegre) e o ex-ministro Tarso Genro são alguns dos nomes de líderes que atuaram no Sindicato e tornaram-se referências políticas para os movimentos sociais em âmbito nacional.
    O Sindicato em sua trajetória sofreu três intervenções estatais repressoras: a primeira ocorreu em 1946, quando caiu o Estado Novo. Novamente, em 1964, quando do Golpe Militar. Outra intervenção foi em 1968, quando recrudesceu o regime militar, com o Ato Institucional (AI) 5. Em 6 de setembro de 1979, durante a maior greve dos bancários porto-alegrenses, ocorreria a quarta e última intervenção, que durou 10 meses e cinco dias e resultou na cassação dos dirigentes Aquiles Notti, Câncio Vargas, Felipe Nogueira e do então presidente Olívio Dutra.
    O Sindicato esteve presente como protagonista nas grandes manifestações políticas da sociedade brasileira, como exemplo, na criação da Intersindical, da CUT, do Partido dos Trabalhadores, na luta contra a intervenção do Banco Sul-Brasileiro que deu origem ao Banco Meridional, na campanha pelas Diretas Já, pelo Impeachment do presidente Collor, entre inúmeras outras manifestações, tal como a mais longa greve de fome já realizada no Brasil quando, em 1993, o Sindicato abrigou em sua sede membros do Movimento Sem Terra que ali permaneceram por 21 dias.
    Esta experiência coletiva de 76 anos é traduzida por cerca de 105,3 metros lineares de registros informacionais (ainda em dimensionamento) que conformam o acervo do Sindicato, ainda em fase de organização: documentos textuais planos diversos, videográficos, fotográficos, periódicos, iconográficos, etc.
    A idéia de um Arquivo Histórico germina na década de 1990 com o projeto não efetivado de criação do Centro de Memória Bancária, o qual resultou na recuperação da história institucional por meio do acúmulo de fontes primárias, a pesquisa e publicação de um livro sobre os 60 anos de trajetória do Sindicato. Apenas em 2007 a gestão do Sindicato retomou o projeto de criação de seu espaço de memória que se efetivou no ano seguinte, com o trabalho técnico de organização do acervo e de um espaço específico para o Arquivo Histórico.
    Embora a inauguração, do espaço físico, à sociedade esteja prevista para o final de 2010, antecipa-se o acesso aos conjuntos documentais por meio de uma base de dados que já está disponível, com atualizações e melhorias constantes. Dessa forma, o Sindicato, por meio da criação do seu Arquivo Histórico, aponta ao futuro salvaguardando e disponibilizando essas memórias através da institucionalização de seu arquivo permanente.
 
Estrutura Administrativa (resumida):
    Presidência
    Secretaria geral
    Diretoria
    Setor técnico
 
Política de Ingressos:
    O AHSBPOA pretende desenvolver uma política ativa e responsável de ingresso de bens relativos à memória do Sindicato buscando resgatar aqueles documentos - sob quaisquer formatos - que testemunhem sua trajetória, sejam de caráter arquivístico, museológico ou bibliográfico, adquiridos principalmente por recolhimento interno normalizado, doação de sindicalistas e sindicalizados ativos e inativos e instituições afins. Ademais, prevê-se a entrada de documentos através de doações e legados, podendo ser incluídos ao acervo bens por comodato ou depósito mantendo-se, neste caso, a propriedade de seus titulares.
 
Instrumentos de Pesquisa:
    Base de Dados remota (via sítio web).
 
Sistema de Arranjo:
    A) ORGANIZAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO
    B) INFORMAÇÃ E COMUNICAÇÃO
    C) AÇÕES E RELAÇÕES POLÍTICAS
    D) SAÚDE, SEGURANÇA E CONDIÇÕES DE TRABALHO
    E) CULTURA, ESPORTE E LAZER
    F) SINDICALIZADOS
    G) ASSUNTOS JURÍDICOS
    H) INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS
    I) ARQUIVOS PESSOAIS
    J) ARQUIVOS INSTITUCIONAIS
 
Regras e convenções utilizadas:
    Descrição baseada nas normas internacionais: ICA-ISIAH, Norma Internacional para Instituições que Conservam Recursos Arquivísticos (versão provisória) e ICA-ISAAR (CPF). Maio 2009.
 
Descrição:
Pesquisa Padrão
  • O motor de busca procura por registros contendo todos os termos que você enviar.
    • (ex. Campanha Nacional)
Pesquisa por Frase
  • Use aspas em torno de sua pesquisa. (ex. "Ata de Reunião")
Limite os Resultados da Pesquisa
  • Use um sinal de menos antes de um termo para omitir resultados.
    • (ex. Periódico -cultural)
  • Navegue pelo título do conjunto documental, assunto, produtor, documentos ou classificação.
Descrição Institucional
Arxius do Brasil


Page Generated in: 0.148 seconds (11% SQL in 39 queries).
Using 1973912B of memory. (Peak of 2322184B.)

Powered by Archon Version 2.23
Copyright ©2009 UIUC